Photobucket - Video and Image Hosting

Sou Ge... As vezes água mansa que passa serenamente por entre as margens de frondosas árvores com frutos... Sementes que germinam... Em outras, sou o fogo que chega em labaredas queimando ervas daninhas insistentes em campos férteis. Sou a brisa mansa que sopra a cada manhã, trazendo esperança... E acreditando no ser. Quero sempre chegar perto... Como os raios de sol que penetram por entre frestas e aquecem o frio da alma... Da solidão. Sou Ge. Coisas que adoro fazer: Caminhar descalça; ficar em casa à toa; escrever poemas; desenhar; não olhar o tempo passar; Editar imagens; fuxicar a internet; conversar com amigos na net. Coisas que detesto fazer: Dormir muito tarde; acordar cedo; correr; brigar; comer giló; ver gente judiando de animais.Ver alguem jogando papel no chão ou pela janela do carro Momentos inesquecíveis: O nascimento de meus filhos... O nascimento de cada amizade que conquistei... Sobrevoar Salvador na chegada... Momentos que quero esquecer: Tentei lembrar algum... Mas vejo que cada um teve contribuições para meu crescimento Me dão água na boca: Sorvete com sucrilhos; caldo de camarão e catupiry; chocolate quente com licor em noites frias; bife acebolado com batata frita; Aroska de ubú; Acarajé; pão de queijo; linguiça; torresminho; carne de porco; bolo de nozes; pudim de leite condensado; pão quentinho com manteiga e café com leite. Lugares especiais: Vitória (ES); Pelourinho... Salvador; Marataízes (ES); Gramado(RS) Cachoeiro de Itapemirim (ES).

Photobucket - Video and Image Hosting

Photobucket - Video and Image Hosting
www.flickr.com
This is a Flickr badge showing public photos from genifazio. Make your own badge here.
Photobucket - Video and Image Hosting


ENYA - ONLY ONE TIME

Photobucket - Video and Image Hosting

 Meiroca.com

Blogger

Haloscan

 

domingo, agosto 05, 2007

For de Manacá

Sou tua menina de olhos tão puros
Como as tenras flores de manacá.

Meu sonho mulher faz de você.
Homem mais que sedutor.
Sou doce encanto...
Dissestes pra Mim...

Mas sei que sou agora
Uma mulher que ri, que chora...
Que busca e acredita apenas na
Força e no magnetismo do olhar!

Do teu olhar!

Ge Fazio

1 Comente ali ou aqui

sábado, março 10, 2007

Gotas de água no mar


Gotas de água no mar.

Ah natureza que chora em gotas a emoção
Sobre o mar em ondas revoltas...
Negras noites de sonhos difusos
Entre o belo, o aparente e o místico.

Gotas brilhantes tal qual diamantes
Brilham por entre a imensidão das águas
Do mar... Chuá... Chuá, Nessa noite.
Quente que finda o outono.

Vento soprando... Traz a uma fina neblina
Que faz nebulosa a luz que ilumina
O santo altar dos altos montes e ventos
Uivastes. Mexe-se num leve bailar.

Dançam as águas... As águas do ar e do mar
Embalam em sonhos... Ecoam o som da esperança
De mais um novo dia...Em sinfonias de amor
E esperanças estão prestes a despontar...

E lá no horizonte do mar... Chora a natureza...
Exultante de alegria deixando livre a passagem
Da noite pro dia, do escuro da noite para
A luz de um novo dia... Gotas de água no mar.

Ge Fazio
1 Comente ali ou aqui

quinta-feira, dezembro 21, 2006



Mistérios da Vida

A vida me faz assim...Ter poros abertos...
Ter sensibilidade e assimilando energias do
Cosmo a beleza dos seres numa constante
Alquimia formando a serotonina em mim.

Quero mesmo é tomar banhos deChuva...
Molhar meu corpo por inteiro...
Sentir o cheiro de terra molhada
Misturado ao aroma do jasmim.

No ritmo e no compasso de ondas
De forças que me conduz... Sigo
Sentindo... Percebendo o som da natureza..
.Estou no ar...No brilho da gota d’água.

Estou em seu olhar terno, tranqüilo...
E sereno pelo mistério do voar das borboletasColoridas..
. Passo por entre todas as floresLírios brancos...
Flores de todas as cores...

Cores que desenham o mais perfeito Arco-íris.
No reflexo da neblina e osRaios de sol.
Estou por entre a mansidão de
Um córrego que segue silencioso o seu curso.

Estou agora em forma de gente...
Células que passam do flutuar por sonhos.
As raízes de frondosos jequitibás.
Nesse momento... Sou Vida.

Ge Fazio
0 Comente ali ou aqui

Rosas Brancas

Rosas Brancas

Germinam rosas na terra fértil...
Exalam o perfume inebriando
E acordando seres de almas
Adormecidas... Endurecidas...

Amaciam olhares com suas nuances
Em matizes multicoloridos...
A suavidade e a maciez das pétalas
Brancas magnetizam olhares.

Nasce a ternura em corações
Que desmancha amolecido
Diante da beleza de uma flor
Pura e singela...

Ah! Mãos abençoadas que semeiam a
Paz entre os seres jogando pouco
A pouco as sementes na terra fértil...
Brotam as rosas, exalam o perfume e...

Surge a serenidade e a paz por entre
Os jardins de seres que caminham
Sem saber para onde e porque ir...
Nasce a esperança de um novo dia.

Ge Fazio


0 Comente ali ou aqui

terça-feira, dezembro 19, 2006


Sou instrumento... Sou Terra e chão

as luzes estão apagando...
Fecho meu olhos e sonho.
Nego a realidae fria
Sem mistério, sem encanto.

Sonho com pétalas caindo
Em chuvas de flores
Exalando pelo ar
O perfume do amor.

Ah! O amor que saiu daqui...
Onde fostes parar?
Procuro-te.Mesmo que seja em forma de luz.
Sou pelegrina em busca de ti.

Sigo o caminho dos pássaros,
A trilha das águas...
Encontro ninhos perdidos
E fonte que secou.

Imploro-te mãe natureza...
Traga de volta os raios de sol.
Deixe a água correr lambendo
A terra fértil e germinando o chão.

Peço aos Deuses... Use-me como
Seu instrumento. Volto a ser
Um pequeno embrião... Misturo a
Força da terra e faço dela nascer o pão.

Ge Fazio
0 Comente ali ou aqui

sexta-feira, novembro 10, 2006

Mulher: Sem tempo e sem dias

Mulher: Sem Tempo e Sem dias

Dispo-me das máscaras, vou tirando
Com o tempo. Estou pouco a pouco aparecendo
Ganhando os espaços que sempre foram
Meus. Passei por vários algozes.

Das tiranias vou rebelando...
Muitas vezes assustada, frágil,
Restava apenas contar com meus
Fortes e sábios Neurônios...

Ah! Algumas vitórias vou conquistando.
Não quero estar à frente ou atrás...
Mas junto... Ao lado, de mãos dadas.
Para o mundo conquistar, desbravar.

Jogo ao chão mais uma máscara.
Exponho minhas vontades, grito...
Um grito da liberdade em querer
Estar no mesmo lugar que você.

Solto as amarras que me atava,
Limitava as ações... Que insistia em sair
Por todos os poros, procurando o espaço
Pedido, sofrido, negado e querido.

Não quero tempo e nem um dia.
Preciso de armas de flores aliadas aos saltos...
Do meu dia a dia entre cólicas e células
Multiplicando gerando mulher gerando homem.

Dispo-me de todas as máscaras. Germina em
Mim um novo ser... Feitos do homem e mulher
Aborto todos os preconceitos, a fragilidades
E deixo nascer um novo ser.
Uma nova mulher!

Ge Fazio
1 Comente ali ou aqui

Ninar você

Ninar Você

Vem,
Esquece o cansaço do dia.
Repousa tua mente em meu colo,
Conta-me da tua vida,
Fala-me do que chora adentro.
Vem,
Deixe-me entrar em sua alma...
Lavá-la com a saliva sagrada
Que brota do amor despojado,
Desprendido de todas as amarras...
Deixa-me aflorar teus sentimentos.
Porque tua fala contida?
Tua face manchada,
A testa enrugada,
E tristeza nela emergida?
Vem que te acalanto...
Secarei tuas lágrimas com a suavidade
Do sopro das noites enluaradas do sertão.
Transformarei tua mudez em falas e declames
Enaltecendo o amor que chega e fica em nós.
Faço do teu pranto um riso...
E o que for preciso para te livrar o fardo
Dessas correntes pesadas as águas tantas vezes passadas
Que moveram moinhos e reinados.
Vem...
por nós...
Permita-me aconchegar ao seu lado
Até o nascer do sol e olhar para seus olhos e acreditar...

Acreditar no sonho possível...
Do amor, da ternura.
E do sonho a dois...
Vem, deixe-me ninar você...
Mais uma vez até o sol adentrar por entre as
Frestas de nosso ninho de amor.
Cailiny & Ge Fazio
0 Comente ali ou aqui

segunda-feira, outubro 02, 2006

Sou Libriana


Sou Libriana

Sou Libriana... Balanço entre
Algumas decisões... Ah! Quanto
Sofrimento na hora da escolha...
Quero todos, tudo só para não decidir...

Sou pele cristalina... A essência
Em flor nos jardins da primavera.
Quero a luz... Preciso dela para
Orientar-me entre as trilhas da vida.

Gosto da cor, da mistura que há entre.
Elas. Do efeito que vai surgindo,
Do novo...Gosto do brilho que faz o
Brilho de meus olhos ascenderem...

Amo o belo, a harmonia entre as cores,
Entre os seres e a natureza... Amo a paz
E quero sempre ouvir o barulho ensurdecedor
Do silêncio... Nas praias, nas montanhas...

Sou pura emoção. Lágrimas rolam de
Alegria, de tristeza, e até de euforia...
Por mim, por você, por todos que.
Estão a minha volta ou não.

Dou sempre o meu sorriso...
Adoro receber o seu sorriso... Chega
Como brilho dos raios de sol. Aquece
E acalma a alma às vezes carente...

Sou centro, sou meio... Ouço você.
Ouço o outro e tento de todas as
Maneiras encontrar a solução
Para que cheguem a harmonia e a paz.

Sou Libriana...

Ge Fazio
0 Comente ali ou aqui

domingo, outubro 01, 2006

Obrigada Amigos!

Olá, Amigos!
Obrigada pelo carinho das mensagens no dia de meu aniversário!
Senti num grande e afetuoso abraço através de cada palavra...
Um grande beijo no coração de cada um.
Que os Anjos esteja sempre bem pertinho de vocês!
Ge Fazio
Obrigada Amigos

Teu carinho é a força que preciso.
Alimenta min’alma, meu ego.
Que faz o brilho de meus olhos
Ascenderem... Ergo o olhar.

Olho nessa direção...
Onde todos vocês estão.
De muitos cantinhos desse
Universo, recebo seu carinho.

De mãos estendida fui recebendo
Um a um... Junto, a energia que.
Emana desse amor fraternal,
De irmão, de amigos sinceros.

Em cada palavra recebida.
Senti o toque suave de suas mãos.
O pulsar dos corações em emoção...
E um afetuoso abraço...

Teu abraço, me trás força e,
Uma vontade imensa de seguir
Em frente... De distribuir carinhos,
E cantar como cantam os azulões.

É primavera. Sinto-me como mais
Uma flor nesse imenso jardim de
Amigos... Em forma de um afetuoso abraço
Exalamos o perfume do amor por ai.

Teu carinho é a força preciso...
Trás brilho em meu olhar.
Reverências a cada um de vocês
E um sopro de amor em cada coração!

Ge Fazio
0 Comente ali ou aqui